Tenha o relacionamento que sempre sonhou, com esse passo a passo simples.

Inscreva o seu e-mail aqui e receba o Manual dos relacionamentos saudáveis. É grátis!

Saúde e bem estar

Câncer de mama é 100% curável, mas ainda é o que mais mata mulheres no Brasil todos os anos

O câncer de mama é o tema da campanha Outubro Rosa. Ele tem cura, mas é o que mais mata mulheres no Brasil. Veja o apelo de quem perdeu a campanha 2015.

Zilda de Assis faz apelo para que as mulheres se cuidem mais e engajem na campanha Outubro Rosa, para a prevenção ao câncer de mama.

Zilda de Assis faz apelo para que as mulheres se cuidem mais e engajem na campanha Outubro Rosa, para a prevenção ao câncer de mama.

O câncer de mama é 100% curável, mesmo assim, é o que mais mata mulheres anualmente no Brasil. Um panorama estranho, pelo fato de que as chances de cura são totalmente garantidas.

A campanha Outubro Rosa surgiu na década de 1990 nos Estados Unidos. No Brasil, a iniciativa é abraçada por várias entidades, entre elas, o Instituto Nacional do Câncer (INCA). O segredo para vencer a doença é o diagnóstico precoce. Por isso, a campanha realiza muitos eventos educativos.

Em estados, como Minas Gerais, há o incentivo da realização de mamografias, através de laboratórios móveis que visitam várias cidades durante o mês de outubro. Segundo dados do INCA, para 2016, estão previstos 57.960 novos casos, contra 57.120 em 2015. Os últimos dados disponíveis pelo instituto são de que em 2013, morreram 14.388 pessoas com câncer de mama, dentre elas 181 homens.

O maior desafio para o combate à doença é seu diagnóstico precoce. O câncer é silencioso. No meu caso, se desenvolveu de um ano para o outro, e, como descobri os nódulos horas depois  do encerramento da campanha, perdi a oportunidade de concluir o diagnóstico ainda em 2015.

Por essa razão, creio que acabei complicando meu caso. Entre 31 de dezembro de 2015 e 10 de março de 2016, o tumor se ramificou atingindo um linfonodo na axila direita. Por isso, terei que fazer quimioterapia e radioterapia, que são extremamente pesadas.

Para alertar um número maior de mulheres, público mais atingido pelo câncer de mama, quanto à importância de se cuidar, gravei a matéria abaixo. Fui tola ao ignorar a campanha Outubro Rosa em 2015. Você não precisa perdê-la em 2016.

Procure seu médico e informe-se sobre o diagnóstico. A cura do câncer de mama só depende de você. Veja a matéria que gravei, compartilhe com seus amigos e se engaje na Outubro Rosa 2016. Ela salva vidas!

Até o próximo!

No votes yet.
Please wait...
Zilda de Assis

Sobre o autor | Website

Zilda de Assis é jornalista e gestora de pessoas. Autora dos ebooks: Já que relacionamentos perfeitos não existem, torne-os saudáveis, O que é autossabotagem e Manual dos relacionamentos saudáveis.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

4 Comentários

  1. Dulcemar Lara disse:

    Olá Zilda!
    Achei seu depoimento muito importante porque você mostra a sua cara, de peito aberto, o que
    muitas vezes é complicado já que as pessoas ficam extremamente abaladas com o câncer e costumam
    escondê-lo. É um alerta e tanto pois, às vezes, parece que ouvimos mas não vemos as pessoas que
    adquiriram a doença. Tem gente que nem pronuncia o nome, isso é assustador.
    Louvável essa campanha e todos que se engajam nessa luta, como você.
    Parabéns pela coragem e pelo sutiã, adorei.
    Beijos.

    No votes yet.
    Please wait...
    • Gratidão, Dulcemar!

      Que outras mulheres aproveitem a oportunidade e se cuidem. Gratidão!

      Beijos,

      No votes yet.
      Please wait...
  2. Noêmia Dória disse:

    Valorizar-se é também cuidar-se!

    No votes yet.
    Please wait...
    • Exatamente, Noêmia!

      Tudo de bom, querida!

      Abraço,

      Zilda

      No votes yet.
      Please wait...
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
%d blogueiros gostam disto: